Top 3 livros que me fizeram chorar

Alguns livros são tão emocionantes, que fazem com que a gente se sinta parte da história também. Se o personagem sofre, sofremos juntos. Se tem final feliz, a gente fica feliz como se fosse um amigo nosso. O post de hoje é um dica de três livros tão lindos e emocionantes que fazem muita gente chorar.

Preparem os lencinhos!

1. Como eu era antes de você – Jojo Moyes

Neste livro vamos conhecer a história de Louisa Clark. Ela tem 26 anos, mora com os pais e de repente se vê sem rumo quando perde o emprego de garçonete que tinha no café da sua cidade. Lou não tem muitas qualificações (mas é um amor de pessoa), logo ela consegue um trabalho como cuidadora de um tetraplégico chamado Will Traynor. Will tem 35 anos, é inteligente, rico e super mal-humorado, pois não aceita seu atual estado, que é ficar preso numa cadeira de rodas dependendo de todos para fazer até as coisas mais básicas. Antes Will era bastante ativo, praticava esporte, fazia viagens, mas depois do acidente que o deixou tetraplégico ele não vê mais razões para continuar vivendo, tudo para ele é sem graça e sem vida. Quando Lou chega na casa dele, as coisas parecem mudar e Will aparenta ficar mais feliz. Esse é um romance bem divertido, os personagens são bem construídos e algumas partes do livro são de deixar qualquer um de coração partido e lágrimas escorrendo pelo rosto (ou deixar alguns leitores com muita raiva).

2. A Cabana – William P. Young

Conta a história de Mack e sua família. Durante uma viagem de férias sua filha caçula Missy desaparece. Algumas horas depois a polícia encontra evidências de que ela foi brutalmente assassinada e abandonada numa cabana. É uma perda dolorosa e mexe muito com Mack, que se afunda numa grande tristeza. Em meio a essa tristeza Mack recebe um bilhete aparentemente vindo de Deus o convidando a voltar ao local do assassinato de sua filha.
O livro trás um questionamento feito por muitos: “Se Deus é tão poderoso e tão cheio de amor, por que não faz nada para amenizar a dor e o sofrimento do mundo?”
As respostas vinda de Deus vão mudar a vida de Mack completamente e talvez até a sua vida. É um livro sobre amor, perdão e confiança em Deus.

3. O menino do pijama listrado – John Boyne

Esse é um livro sobre segunda guerra mundial. Foi um dos primeiros livros que eu li sobre o tema e foi muito marcante.
O livro todo é narrado por Bruno, um menino que tem 9 anos. Ele é obrigado a se mudar com sua família da sua espaçosa casa em Berlim para um lugar deserto e sem nenhuma criança para lhe fazer companhia. Agora na sua atual casa, ele consegue ver através da janela do seu quarto uma cerca e por trás dela várias pessoas vestidas num pijama listrado e fica curioso para saber o que está acontecendo. Um dia Bruno resolver brincar de explorador e caminha até onde as pessoas de pijama listrado moram. Nessa andança Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. A partir daí nasce uma amizade linda. Porém o que Bruno não sabe é que seu país está em guerra, que existe uma terrível “Solução Final contra os judeus” e que as pessoas de pijama na verdade são prisioneiros.

Essas são as dicas de leitura para hoje. Se já tiver lido algum livro que tenha deixado seu coração em pedaços, conta nos comentário.

Leia também: #DiaMundialdoLivro: Frete Grátis e até 80% off em livros na Amazon

10 trechos de livros marcantes (pra guardar)

Todo leitor tem na memória aqueles trechos de livros que, de alguma forma, foram inspiradores ou que trouxeram alguma reflexão, pois “o livro fala e a alma responde”.
No post de hoje vou compartilhar com vocês alguns trechos que foram marcantes, para você guardar na memória e no coração.

 

1. Faça amor, não faça jogo – Ique Carvalho

“É importante tempo para dizer às pessoas que você as ama, e o quanto você as ama, enquanto elas ainda podem te ouvir.”

2. A menina que roubava livros – Marcus Zusak

“Uma pessoa triste tentando fazer a outra pessoa triste sorrir. Isso se chama amizade, a verdadeira amizade.”

3. Resistência – Anthony Doerr

“(…) mas sempre acreditei na capacidade do mundo de se endireitar assim, com um simples ato de bondade.”

4. A Cabana – William P. Young

“Quando tudo o que conseguimos ver é só a nossa dor, talvez seja aí que perdemos a visão de Deus”

5. Harry Potter e as relíquias da morte – J. K. Rowling

“Palavras são, na minha nada humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia. Capazes de formar grandes sofrimentos e também de remediá-los.”

6. Extraordinário – R. J. Palacio

“Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil.”

7.  A Culpa é das Estrelas – John Green

“Ás vezes, um livro enche você de um estranho fervor religioso, e você se convence de que esse mundo despedaçado só vai se tornar inteiro de novo a menos que, e até que, todos os seres humanos o leiam.”

8. Para onde vai o amor? – Fabrício Carpinejar

“Obrigar o outro é desamor.”

9. A Cabana – William P. Young

“Bom, às vezes a vida é dura, mas eu tenho muita coisa para agradecer.”

10. As Crônicas de Nárnia – C. S. Lewis

“Quando as coisas vão mal, parece que vão de mal a pior durante certo tempo; mas quando começam a ir bem, parecem cada vez melhores.”

Quer compartilhar algum trecho que te marcou? É só deixar nos comentários.

Leia também: 5 fatos que comprovam que leitores são melhores pessoas