10 trechos de livros marcantes (pra guardar)

Todo leitor tem na memória aqueles trechos de livros que, de alguma forma, foram inspiradores ou que trouxeram alguma reflexão, pois “o livro fala e a alma responde”.
No post de hoje vou compartilhar com vocês alguns trechos que foram marcantes, para você guardar na memória e no coração.

 

1. Faça amor, não faça jogo – Ique Carvalho

“É importante tempo para dizer às pessoas que você as ama, e o quanto você as ama, enquanto elas ainda podem te ouvir.”

2. A menina que roubava livros – Marcus Zusak

“Uma pessoa triste tentando fazer a outra pessoa triste sorrir. Isso se chama amizade, a verdadeira amizade.”

3. Resistência – Anthony Doerr

“(…) mas sempre acreditei na capacidade do mundo de se endireitar assim, com um simples ato de bondade.”

4. A Cabana – William P. Young

“Quando tudo o que conseguimos ver é só a nossa dor, talvez seja aí que perdemos a visão de Deus”

5. Harry Potter e as relíquias da morte – J. K. Rowling

“Palavras são, na minha nada humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia. Capazes de formar grandes sofrimentos e também de remediá-los.”

6. Extraordinário – R. J. Palacio

“Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil.”

7.  A Culpa é das Estrelas – John Green

“Ás vezes, um livro enche você de um estranho fervor religioso, e você se convence de que esse mundo despedaçado só vai se tornar inteiro de novo a menos que, e até que, todos os seres humanos o leiam.”

8. Para onde vai o amor? – Fabrício Carpinejar

“Obrigar o outro é desamor.”

9. A Cabana – William P. Young

“Bom, às vezes a vida é dura, mas eu tenho muita coisa para agradecer.”

10. As Crônicas de Nárnia – C. S. Lewis

“Quando as coisas vão mal, parece que vão de mal a pior durante certo tempo; mas quando começam a ir bem, parecem cada vez melhores.”

Quer compartilhar algum trecho que te marcou? É só deixar nos comentários.

Leia também: 5 fatos que comprovam que leitores são melhores pessoas